Disciplinas da Graduação em Engenharia Civil-Aeronáutica - Catálogo 2022

EDI-31 - ANÁLISE ESTRUTURAL I. Requisito: EST-10. Horas semanais: 3-0-1-5. Conceitos fundamentais. Teoria de vigas de Euler-Bernoulli e de Timoshenko. Estruturas isostáticas: vigas, pórticos, grelhas e treliças. Cálculo variacional. Princípio dos deslocamentos virtuais e alguns teoremas correlatos. Estruturas hiperestáticas: método das forças. Bibliografia: ALLEN, D. H.; HAISLER, W. E. Introduction to aerospace structural analysis. New York: John Wiley, 1985. WUNDERLICH, W.; PILKEY, W. D. Mechanics of structures: variational and computational methods. Boca Raton: CRC Press, 2002.

EDI-32 - ANÁLISE ESTRUTURAL II. Requisito: EDI-31. Horas semanais: 3-0-1-5. Estabilidade do equilíbrio das estruturas: carga crítica - ponto de bifurcação e ponto limite; sensibilidade a imperfeição. Métodos dos resíduos ponderados e de Ritz. Método dos elementos finitos. Bibliografia: CHAJES, A. Principles of structural stability theory. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1974. REDDY, J. N. An introduction to the finite element method. 3. ed., New York: McGraw-Hill, 2006.

EDI-33 - MATERIAIS E PROCESSOS CONSTRUTIVOS. Requisito: QUI-28. Horas semanais: 4-0-2-5. Conceitos de Engenharia e Ciência de Materiais aplicados a Materiais de Construção Civil. Normalização. Técnicas de caracterização de materiais. Aglomerantes minerais. Agregados. Aditivos e adições. Argamassas. Concreto. Aço. Materiais betuminosos. Materiais cerâmicos. Madeiras. Tintas e vernizes. Vidro. Desempenho e Durabilidade. Vida útil. Ciclo de vida. Processos construtivos. Bibliografia: CALLISTER JR, W. D.; RETHWISCH, D. G. Materials Science and Engineering: An Introduction. Wiley, 9ª ed., 2014. ISAIA, G. C. Materiais de construção civil e princípios de ciência e engenharia de materiais, IBRACON, 2ª ed., vol. 1 e 2, 2010. DAMONE, P.; ILLSTON, J. Construction materials: their nature and behavior, Spon Press, 4ª ed., 2010.

EDI-37 - SOLUÇÕES COMPUTACIONAIS DE PROBLEMAS DA ENGENHARIA CIVIL. Requisito: CCI-22. Horas semanais: 1-0-2-5. Problema de valor inicial e de valor de contorno. Discretização. Aplicação de sistemas lineares: métodos diretos (decomposição LU e de Cholesky); métodos iterativos e gradiente conjugado; problema de autovalor; normas, análise de erro e condicionamento. Aplicação de sistemas não lineares: Newton-Raphson; secante; comprimento de arco; ajuste de curvas e redes neurais artificiais. Prática de otimização e simulação: programação matemática; algoritmos genéticos e método de Monte Carlo. Bibliografia: STRANG, G. Computational science and engineering, Wellesley: Wellesley-Cambridge Press, 2007. KINCAID, D.; CHENEY, W. Numerical analysis: mathematics of scientific computing, Pacific Grove: Brooks Cole, 2001. CHAPRA, S. C.; CANALE, R. P. Numerical methods for engineers: with software and programming applications, New York: McGraw-Hill, 2002.

EDI-38 - CONCRETO ESTRUTURAL I. Requisitos: EDI-31, EDI-33, EDI-37. Horas semanais: 4-0-1-5. Estados limites: conceituação, hipóteses, segurança, critérios de resistência, equações constitutivas - aço e concreto. Flexão normal simples: armadura simples e dupla. Flexão normal composta: armadura simétrica e assimétrica. Flexão oblíqua composta: estudo geral e simplificado. Estado Limite Último de Instabilidade: conceituação, aplicação das diferenças finitas e do pilar padrão. Bibliografia: SANTOS, L. M. Cálculo de concreto armado. São Paulo: LMS, 1983. MENDES NETO, F. Concreto estrutural I. São José dos Campos: ITA, 2018. MENDES NETO, F. Concreto estrutural avançado: análise de seções transversais sob flexão normal composta. São Paulo: Pini, 2013 (2a tiragem).

EDI-46 - ESTRUTURAS DE AÇO. Requisitos: EDI-32, EDI-37. Horas semanais: 3-0-1-2. O aço. Princípios gerais do projeto estrutural. Peças sob tração. Peças sob compressão. Peças sob flexão. Ligações parafusadas. Ligações soldadas. Vigas mistas aço-concreto. Projeto de uma estrutura. Bibliografia: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR-8800: projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios. Rio de Janeiro, 2008. MCCORMAC, J. C.; NELSON, J. K., Structural steel design: LRFD method, Upper Saddle-River: Prentice-Hall, 2002. Pfeil, W.; Pfeil, M., Estruturas de aço - dimensionamento prático de acordo com a NBR 8800: 2008, Rio de Janeiro: LTC, 2009.

EDI-48 - PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE OBRAS. Requisito: EDI-33. Horas semanais: 2-0-1-5. Normas relacionadas com o processo construtivo. Projetos: tipos, planejamento, rede Pert-Cpm (Project Evaluation Review Technique - Critical Path Method) e o PMBOK (Project Management Body of Knowledge). Controle e acompanhamento de obras, Administração de obras, ferramentas computacionais. Trabalhos preliminares: canteiro de obra – organização, projeto e implantação. Planejamento: sequência de trabalhos e de execução, ferramentas computacionais. Gerenciamento: organização dos trabalhos, produtividade, dimensionamento de equipes e continuidade dos trabalhos, ferramentas computacionais. Processos construtivos não convencionais. Orçamentação: tipos e cronograma físico-financeiro, ferramentas computacionais e disponíveis na Internet (acesso livre). Conceitos relacionados com conforto térmico e acústico e sustentabilidade: definições, aplicabilidade, projeto, implicações, normalização, impacto ambiental, construções auto-sustentáveis. BIM (Building Information Modelling): definição e utilização como ferramenta de pré-visualização e pós-gerenciamento. Bibliografia: MATTOS, A. D. Planejamento e controle de obras. São Paulo: Oficina de Textos, 2019. MATTOS, A. D. Como preparar orçamentos de obras. São Paulo: Oficina de Textos, 2019. TCPO: tabelas de composições de preços para orçamentos. 13. ed. São Paulo: Pini, 2013.

EDI-49 - CONCRETO ESTRUTURAL II. Requisito: EDI-38. Horas semanais: 3-0-2-5. Concreto protendido: comportamento estrutural, armadura de protensão, dimensionamento e verificação de seções no regime elástico, disposição longitudinal da armadura, análise de seções no Estado Limite Último, cálculo das perdas de protensão. Projeto: idealização da estrutura, avaliação dos carregamentos, dimensionamento e detalhamento dos elementos estruturais; cisalhamento devido ao esforço cortante; cálculo prático de pilares: estabilidade global, excentricidades, simplificações para pilares curtos e medianamente esbeltos; fundações. Bibliografia: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR-6118: projeto de estruturas de concreto. São Paulo, 2007. NAAMAN, A. E. Prestressed concrete analysis and design: fundamentals. New York: McGraw-Hill, 1982. FUSCO, P. B. Estruturas de concreto – solicitações tangenciais. São Paulo: Pini, 2008.

EDI-64 - ARQUITETURA E URBANISMO. Requisito: MPG-02. Horas semanais: 2-0-1-3. A arquitetura e o urbanismo como instrumentos de organização e adequação dos espaços para as atividades humanas. O academicismo e o movimento moderno e seus reflexos na produção arquitetônica e urbanística. Bioclimatismo e arquitetura: as decisões de projeto e impactos ambientais nas escalas do edifício e do espaço urbano, especialmente em áreas aeroportuárias. Elementos básicos de representação de projetos arquitetônicos e urbanísticos: planos, plantas, cortes, fachadas, detalhes e escalas. Instrumentos legais básicos de regulamentação do controle da ocupação e uso do solo. Representação gráfica: instrumental convencional e aplicação da informática na elaboração e representação de projetos. Bibliografia: GIEDION, S. Espaço, tempo e arquitetura: o desenvolvimento de uma nova tradição. Coleção A, São Paulo: Martins Fontes, 2004. MASCARO, L. Luz, clima e arquitetura. São Paulo: Studio Nobel, 1990. RYKWERT, J. A sedução do lugar. Coleção A, São Paulo: Martins Fontes, 2004.

EDI-65 - PONTES. Requisitos: EDI-46, EDI-49. Horas semanais: 2-0-2-3. Materiais e métodos construtivos. Normas. Classificação conforme uso e sistema estrutural. Trem-tipo e linhas de influência. Projeto de uma ponte em viga isostática em concreto armado. Projeto de uma ponte em grelha em concreto protendido. Bibliografia: MASON, J. Pontes em concreto armado e protendido. Rio de Janeiro: LTC, 1977. MASON, J. Pontes metálicas e mistas em viga reta. Rio de Janeiro: LTC, 1976. MARCHETTI, O. Pontes de concreto armado. São Paulo: Edgard Blücher, 2008.

GEO-31 - GEOLOGIA DE ENGENHARIA. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-0-2-3. Introdução. A Terra. Ciclo das rochas. Tipos e propriedades dos minerais. Rochas ígneas. Intemperismo. Rochas sedimentares. Rochas metamórficas. Estrutura, faturamento e falhas. Solos. Textura. Argilo-minerais. Solos residuais. Saprolíticos. Laterização. Aluviões. Argilas moles. Colúvio. Investigação de campo, métodos diretos e indiretos. Perfis estratigráficos. Outros ensaios de campo e ensaios de laboratório. Introdução à Engenharia Geotécnica nos projetos e obras de estradas e pistas, estabilidade de encostas, fundações, barragens e túneis. Bibliografia: CHIOSSI, N., Geologia de Engenharia, 3a Ed., São Paulo: Oficina de Textos, 2013. OLIVEIRA, A. M. S.; BRITO, S. N. A. (Ed.) Geologia de engenharia. São Paulo: ABGE, 1998. WICANDER, R.; MONROE, J.S., Fundamentos de Geologia, São Paulo: CENGAGE Learning, 2009.

GEO-36 - ENGENHARIA GEOTÉCNICA I. Requisito: GEO-31. Horas semanais: 3-0-2-4. Introdução à Engenharia Geotécnica. Granulometria. Índices físicos. Plasticidade. Compacidade de areias e consistência de argilas. Classificação dos solos. Compactação. Ensaios Proctor. Compactação de campo. Controle de compactação. Comportamento de obras de terra. Resiliência. Condutividade hidráulica e percolação em meios porosos. Permeâmetros. Redes de fluxo. Anisotropia. Força de percolação. Filtros. Controle e proteção do fluxo em obras de terra. Princípio das tensões efetivas. Estado geostático de tensões. Tensões induzidas por carregamentos aplicados. Trajetórias de tensões. Extração e preparação de amostras. Adensamento. Ensaio de adensamento. Compressibilidade e previsão de recalques. Adensamento no tempo. Adensamento radial. Aceleração de recalques. Tratamento de solos moles. Bibliografia: LAMBE, T. W.; WHITMAN, R. V. Soil mechanics. New York: John Wiley, 1979. DAS, B. M, Fundamentos de engenharia geotécnica, São Paulo: Cengage, 2010.

GEO-45 - ENGENHARIA GEOTÉCNICA II. Requisito: GEO-36. Horas semanais: 4-0-1-3. Resistência e deformabilidade do solo sob tensões cisalhantes. Introdução aos modelos de estados críticos. Ensaios de campo e laboratório: propriedades dos solos e correlações. Análise limite e equilíbrio limite. Dimensionamento em Geotecnia: estabilidade de taludes em solo e rocha. Escavações a céu aberto e estruturas de contenção. Reforço de solos. Projetos com geossintéticos: dimensionamento e fatores de redução. Aplicação do método dos elementos finitos em geotecnia. Instrumentação e desempenho de obras geotécnicas. Contaminação do solo e águas subterrâneas. Disposição de resíduos sólidos. Bibliografia: SHARMA, H. D.; REDDY, K. R. Geoenvironmental engineering: site remediation, waste containment, and emerging waste management technologies. New York: John Wiley, 2004. LAMBE, T. W.; WHITMAN, R. V. Soil mechanics. New York: John Wiley, 1979. WOOD, D. M. Soil behaviour and critical state soil mechanics. Cambridge: University Press, 1996.

GEO-47 - TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-0-2-3. Topografia: definições, métodos de medição de distâncias e ângulos, equipamentos de campo, levantamentos utilizando poligonais, nivelamento. Geodésia. Projeções cartográficas. Sistema de coordenadas UTM. Sistema de posicionamento global (GPS). Introdução ao geoprocessamento: conceitos, modelo de campo e objeto, tipos dados. Operações com dados geográficos: modelagem numérica de terrenos, álgebra de mapas, inferência geográfica. Processamento de imagens: resolução, operações de brilho e contraste, filtros lineares, classificação e segmentação, registro. Bibliografia: MCCORMAC, J. C. Topografia. 5. ed. Rio de Janeiro: LCT, 2007. BURROUGH, P. A.; MCDONELL, R. Principles of geographical information systems. Oxford: Oxford University Press, 1998. CÂMARA, G. et al. Introdução à ciência da geoinformação. 2. ed. São José dos Campos: INPE, 2001.

GEO-48 - ENGENHARIA DE PAVIMENTOS. Requisito: GEO-36. Horas semanais: 2-0-2-2. Conceitos gerais e atividades da engenharia de pavimentos. Estabilização de solos e de materiais granulares. Tipos de estruturas de pavimentos rodoviários, aeroportuários e ferroviários. Princípios da mecânica e do desempenho dos pavimentos. Projeto estrutural e especificação de materiais. Projeto de misturas asfálticas e de materiais cimentados. Construção de pavimentos e controles tecnológico e de qualidade. Análise econômica das alternativas. Sistemas de gerência de infraestrutura. Atividades envolvidas na gerência de pavimentos. Técnicas para manutenção (conservação e restauração) de pavimentos. Avaliação estrutural e funcional. Análise de consequências de estratégias alternativas e otimização da alocação de recursos. Projeto de restauração de pavimentos asfálticos e de concreto. Método ACN/PCN da ICAO. Bibliografia: FEDERAL AVIATION ADMINISTRATION. AC 150/5320-6D/6E: airport pavement design and evaluation. Washington, DC, 1996. RODRIGUES, R. M. Engenharia de pavimentos. São José dos Campos: ITA, 2012. SHAHIN, M. Y. Pavement management for airports, roads and parking lots. New York: Chapman and Hall, 1994.

GEO-53 - ENGENHARIA DE FUNDAÇÕES. Requisito: GEO-45. Horas semanais: 2-0-1-3. Fatores a serem considerados e sistemática do projeto de fundações. Exploração do subsolo. Tipos de fundações e aspectos construtivos. Capacidade de carga e recalque de fundações rasas e profundas. Projeto de fundações rasas. Projeto de fundações profundas. Dimensionamento geométrico dos elementos de fundações. Projetos determinísticos e probabilísticos. Reforço de fundações. Bibliografia: HACHICH, W. et al. Fundações: teoria e prática. São Paulo: Pini, 1996. SCHNAID, F. Ensaios de campo e suas aplicações à engenharia de fundações. São Paulo: Oficina de Textos, 2000. TOMLINSON, M. J.; BOORMAN, I. R. Foundation design and construction. 7. ed. London: Longman Group, 2001.

GEO-55 - PROJETO E CONSTRUÇÃO DE PISTAS. Requisito: GEO-47. Horas semanais: 2-0-2-3. Projeto geométrico de estradas: elementos geométricos, características técnicas, curvas horizontais circulares simples e compostas, curvas de transição, superelevação, superlargura, curvas verticais e coordenação de alinhamentos horizontal e vertical. Terraplenagem: escolha de eixo e traçado de perfis longitudinais e seções transversais, cálculo de volumes, compensação de cortes e aterros, diagrama de massas, momento de transporte, equipamentos, produtividade, dimensionamento de equipes de máquinas, custos horários de equipamentos, custos unitários de serviços e cronograma físico-financeiro. Bibliografia: Senço, W. Manual de técnicas de projetos rodoviários, São Paulo: Pini, 2008. Pontes Filho, G. Estradas de rodagem: projeto geométrico, São Carlos, 1998. DNER. Manual de projeto geométrico de rodovias rurais. Rio de Janeiro, 1999. RICARDO, H. S.; CATALANI, G. Manual prático de escavação. 3. ed. São Paulo: Pini, 2007.

GEO-61 - LABORATÓRIO DE ENGENHARIA GEOTÉCNICA. Requisito: GEO-36. Horas semanais: 0-0-3-1. Identificação e caracterização de materiais geotécnicos (minerais, rochas e solos). Amostragem de materiais geotécnicos. Caracterização de solos. Determinação de índices físicos. Limites de Atterberg. Ensaio de Compactação. Controle de compactação. Compacidade relativa. Permeabilidade dos solos Bibliografia: CHIOSSI, N., Geologia de Engenharia, 3a Ed., São Paulo: Oficina de Textos, 2013.. LAMBE, T. W.; WHITMAN, R. V. Soil mechanics. New York: John Wiley, 1979. DAS, B. M, Fundamentos de engenharia geotécnica, São Paulo: Cengage, 2010.

HID-31 - FENÔMENOS DE TRANSPORTE. Requisito: MEB-01. Horas semanais: 5-0-1-5. Ciclos Motores e de Refrigeração. Misturas de Gases. Conceitos fundamentais e propriedades gerais dos fluidos, lei da viscosidade de Newton, arrasto viscoso. Campos escalar, vetorial e tensorial, forças de superficie e de campo. Estática dos fluidos. Fundamentos de análise de escoamentos: representação de Euler e de Lagrange, leis básicas para sistemas e volumes de controle; conservação da massa, da quantidade de movimento e do momento da quantidade de movimento – aplicações no estudo de máquinas de fluxo (propulsão de hélices, turbinas a gás e foguetes); a equação de Bernoulli e sua extensão a escoamentos tridimensionais. Introdução ao estudo de escoamentos viscosos incompressíveis, equações de Navier-Stokes. Elementos de análise dimensional e semelhança, o teorema dos pi's de Buckingham, grupos adimensionais de importância, significados físicos, aplicações práticas. Métodos experimentais na mecânica dos fluidos. Conceitos e leis fundamentais da transferência de calor. Transferência de calor por condução, convecção e radiação. Transferência de massa. Bibliografia: BIRD, R. B.; STEWART, W. E.; LIGHTFOOT, E. N. Fenômenos de transporte. 2. ed. Rio de Janeiro: Livro Técnico e Científico, 2004. BORGNAKKE, C.; SONNTAG, R. E. Fundamentos da termodinâmica. 7 ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2009. BEJAN, A. Transferência de calor. São Paulo: Edgard Blücher, 1996.

HID-32 - HIDRÁULICA. Requisito: HID-31. Horas semanais: 3-0-1-3. Escoamento em condutos forçados: perdas de carga distribuídas e localizadas, fórmula universal, fórmulas empíricas, ábacos, órgãos acessórios das instalações. Sistemas hidráulicos de tubulações. Instalações de recalque: bombas hidráulicas, curvas características, seleção, montagem, diâmetro econômico, cavitação. Golpe de aríete: cálculo da sobrepressão e dispositivos antigolpe. Escoamento em condutos livres: equação básica de Chèzi, fórmulas empíricas, regimes torrencial e fluvial. Energia específica. Ressalto hidráulico e remanso. Escoamento em orifícios, bocais e tubos curtos. Vertedores. Hidrometria: medida de vazão em condutos forçados, livres e em cursos d’água. Bibliografia: PORTO, R. M. Hidráulica básica. 4. ed. São Carlos: EESC-USP, 2006. AZEVEDO NETTO, J. M.; ALVAREZ, G. A. Manual de hidráulica, 8. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1998.

HID-41 - HIDROLOGIA E DRENAGEM. Requisito: HID-32. Horas semanais: 4-0-1-3. O ciclo hidrológico. Características das bacias hidrográficas. Precipitação, infiltração, evaporação e evapotranspiração, escoamento subsuperficial e águas subterrâneas. Hidrologia estatística e distribuição dos valores extremos. Mudanças Climáticas. Escoamento superficial: grandezas características, estimativa de vazões, características dos cursos d’água e previsão de enchentes. Curva de permanência. Hidrometria de cursos d’água e obtenção da curva-chave. Drenagem superficial: elementos constitutivos dos sistemas de micro e macrodrenagem e parâmetros de projeto. Medidas de controle de inundações estruturais e não-estruturais. Aquaplanagem em pistas rodoviárias e aeroportuárias. Drenagem subterrânea: rebaixamento do lençol freático, sistemas de poços, sistemas de ponteiras, galerias de infiltração, drenos transversais, drenos longitudinais e critérios de dimensionamento de filtros de proteção. Projeto de drenagem de aeroportos e de drenagem urbana. Bibliografia: TUCCI, C. E. M. Hidrologia: ciência e aplicação. São Paulo: EDUSP, 1995. TUCCI, C. E. M.; PORTO, R. L. L.; BARROS, M. T. Drenagem urbana. Porto Alegre: ABRH – Ed. da Universidade - UFRGS, 1995. CHOW, V. T. Applied hydrology. New York: McGraw-Hill, 1988.

HID-43 - INSTALAÇÕES PREDIAIS. Requisitos: EDI-64, HID-32. Horas semanais: 4-0-2-3. Compatibilização entre projetos. Dimensionamento de instalações prediais de água fria e quente, de esgoto, de prevenção e combate a incêndio e de águas pluviais. Circuitos elétricos monofásicos e trifásicos. Diagramas elétricos, proteção, aterramento e fundamentos de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas. Dimensionamento de instalações elétricas prediais e luminotécnica. Instalações prediais de gases combustíveis (GLP - Gás Liquefeito de Petróleo e Gás Natural - GN). Materiais empregados nas instalações. Condicionamento de ar: finalidade, carga térmica, sistemas de condicionamento, equipamentos, condução e distribuição de ar, equipamento auxiliar, tubulações, torre de arrefecimento, sistemas de comando e controle. Noções sobre construções bioclimáticas. Conservação e uso racional de água em edificações. Bibliografia: KUEHN, T. H.; RAMSEY, J. W.; THRELKELD, J. L. Thermal environmental engineering. New Jersey: Prentice-Hall, 1998. MACINTYRE, A. J. Instalações hidráulicas prediais e industriais. 4. ed., Rio de Janeiro: LTC, 2010. NISKIER, J. E.; MACINTYRE, A. J. Instalações elétricas. 6. ed., Rio de Janeiro: LTC, 2013.

HID-44 - SANEAMENTO. Requisito: HID-41. Horas semanais: 4-0-2-4. Sistema de abastecimento de água: aspectos sanitários, alcance de projeto, previsão de população, taxas e tarifas, captação superficial e subterrânea, adução, recalque, tratamento de água (tecnologia de tratamento em ciclo completo: coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção, fluoração e estabilização final), reservação, distribuição. Projeto de sistema de abastecimento de água. Sistema de esgotamento sanitário: aspectos sanitários, coletores, interceptores, emissários, estações elevatórias, processos de tratamento aeróbios e anaeróbios e disposição final. Projeto de sistemas de coleta e tratamento de esgotos. Resíduos sólidos urbano e aeroportuário: tratamento e disposição final. Bibliografia: DI BERNARDO, L.; DANTAS, A. D. B. Métodos e técnicas de tratamento de água. 2. ed. v. 1-2, São Carlos: RIMA, 2005. TSUTIYA, M. T.; ALEM SOBRINHO, P. Coleta e transporte de esgoto sanitário. 2. ed. São Paulo: Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 2000. TSUTIYA, M. T. Abastecimento de água. 2. ed. São Paulo: Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 2005.

HID-53 - ANÁLISE AMBIENTAL DE PROJETOS. Requisito: Não há. Horas semanais: 1-0-1-4. Legislação ambiental. Avaliação de Impactos Ambientais (AIA): metodologias, estudos de impactos e relatório de impacto ambiental (EIA/RIMA). Análise e gerenciamento de riscos ambientais. Avaliação ambiental estratégica. Análise econômico-ambiental de grandes empreendimentos de infra-estrutura. Resolução de problemas e estudos de caso. Bibliografia: BRAGA, B. et al. Introdução à engenharia ambiental. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice-Hall, 2005. FOGLIATI, M. C. et al. Avaliação de impactos ambientais: aplicação aos sistemas de transporte. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2004. SERÔA DA MOTTA, R. Manual para valoração econômica de recursos ambientais. Brasília: MMA, 1998.

HID-63 - MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE NO SETOR AEROESPACIAL. Requisito: Não há. Horas semanais: 3-0-0-3. Tópicos em Ecologia. História ambiental. Desenvolvimento econômico e sustentabilidade. Estado-da-arte na temática ambiental: desafios, polêmicas e ações. Legislação ambiental. Avaliação de Impactos Ambientais (AIA): metodologias, estudos de impactos e relatório de impacto ambiental. Economia ecológica: estudos de caso e resolução de problemas. Contribuição do setor aeronáutico nas emissões atmosféricas de poluentes. Emissões de poluentes em motores aeronáuticos (CO, NOx, UHC, fuligem e CO2). Tecnologias atuais e futuras para controle das emissões. Influência dos parâmetros operacionais de motores e do envelope de vôo nas emissões. Questões ambientais na operação de veículos aeroespaciais. Impactos ambientais relacionados com lançamento de veículos espaciais. Cuidados especiais com propelentes tóxicos. Bibliografia: FOGLIATI, M. C. et al. Avaliação de impactos ambientais: aplicação aos sistemas de transporte. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2004. SERÔA DA MOTTA, R. Manual para valoração econômica de recursos ambientais. Brasília: MMA, 1998. ICAO, Aircraft engine emissions databank, Civil Aviation Authority, http://www.caa.co.uk/, 2005.

HID-65 - ENGENHARIA PARA O AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-1-0-3. Tópicos em Ecologia. História ambiental. Desenvolvimento econômico e sustentabilidade. Estado-da-arte na temática ambiental: desafios, polêmicas e ações. Legislação ambiental. Avaliação de Impactos Ambientais (AIA): metodologias, estudos de impactos e relatório de impacto ambiental. Economia ecológica. Estudos de caso e resolução de problemas: eletrônica e computação aplicadas ao monitoramento e análise ambiental. Bibliografia: BRAGA, B. et al. Introdução à engenharia ambiental. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice-Hall, 2005.

TRA-39 - PLANEJAMENTO E PROJETO DE AEROPORTOS. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-1-1-5. O aeroporto e o transporte aéreo. Aeronaves: características e desempenho. Zoneamento. Anemograma e plano de zona de proteção. Sinalização diurna e noturna. Capacidade e configurações. Geometria do lado aéreo. Comprimento de pista. Número e localização de saídas. Pátios. Quantificação de posições de estacionamento no pátio. Terminal de passageiros: concepção e dimensionamento. Terminal de cargas e outras instalações de apoio. Meio-fio e estacionamento de veículos. Infra-estrutura básica. Escolha de sítio. Impactos gerados pela implantação de aeroportos. Instalações para operações VTOL (Vertical Takeoff and Landing). Planos diretores. Perspectivas no Brasil. Introdução ao tráfego aéreo. Elaboração e discussão de um projeto aeroportuário. Execução de esquemas funcionais. Bibliografia: HORONJEFF, R. et al. Planning and design of airports. 5. ed. New York: McGraw-Hill, 2010. ASHFORD, N. et al. Airport engineering. 4. ed. Hoboken: John Wiley, 2011. KAZDA, A.; CAVES, R. E. Airport design and operation. 2. ed. Oxford: Elsevier, 2009.

TRA-46 - Economia Aplicada. Requisito: TRA-39. Horas semanais: 3-0-1-4. Microeconomia. Modelo de oferta e demanda. Teoria do consumidor: função utilidade; curvas de indiferença; elasticidades da demanda. Teoria da firma: funções de produção a curto e longo prazos; custos de produção: função de custo; retornos de escala. Mercados: concorrência perfeita e concorrência imperfeita. Regulação econômica. Macroeconomia. Agregados econômicos: PIB, nível geral de preços, inflação, desemprego, crescimento econômico, recessão. Fluxo circular da renda. As contas nacionais. Mercado de bens: função consumo, investimento, gastos do governo, determinação do produto de equilíbrio. Mercado financeiro: demanda por moeda, setor bancário, determinação da taxa de juros. Políticas fiscal, monetária e combinação de políticas. Aplicações aos setores de transporte aéreo e aeroportos: análise econômica da concorrência, regulação e instituições; aplicações com uso de métodos quantitativos. Bibliografia: PINDYCK, R.; RUBINFELD, D. Microeconomia. 7. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010. BLANCHARD, O. Macroeconomics. 7. ed. Boston: Pearson, 2017. HOLLOWAY, S. Straight and level: practical airline economics. Aldershot: Ashgate, 2008.

TRA-48 - Inteligência Analítica: Dados, Modelos e Decisões. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-0-1-4. Introdução à análise de decisão e à pesquisa operacional. Programação linear: formulação, propriedades e o método simplex. Modelagem e resolução de problemas de programação linear em planilhas eletrônicas e com auxílio da AMPL (A Modeling Language for Mathematical Programming). Análise de sensibilidade. Modelagem de redes. Análise por envoltória de dados. Introdução à mineração de dados, à ciência de dados e ao aprendizado de máquina. Exploração, caracterização e visualização de dados. Reconhecimento de padrões. Modelos descritivos e preditivos. Classificação. Regressão. Análise de agrupamentos. Bibliografia: TAHA, H. A. Pesquisa operacional. 8. ed., São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008. RAGSDALE, C. T. Modelagem e análise de decisão. São Paulo: Cengage Learning, 2009. TAN, P.-N.; STEINBACH, M.; KARPATNE, A.; KUMAR, V. Introduction to data mining. London: Pearson Education, 2018.

TRA-53 - LOGÍSTICA E TRANSPORTES. Requisito: MOQ-43. Horas semanais: 3-0-0-3. Introdução à logística. Planejamento logístico. Processamento de pedidos e sistemas de informação. Fundamentos de transportes. Modelos para roteirização e programação de veículos de distribuição. Métodos quantitativos para gestão de estoques. Modelos para localização de centros de distribuição e instalações. Planejamento da rede logística. Modelagem e simulação de problemas diversos de logística e transportes. Carga aérea e terminais de cargas em aeroportos. Bibliografia: BALLOU, R. Gerenciamento da cadeia de suprimentos/logística empresarial. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. SHAPIRO, J. F. Modeling the supply chain. 2. ed. Pacific Grove: Duxbury, 2007. STEVENSON, W. J. Operations management. 7. ed. New York: McGraw-Hill, 2002.

TRA-57 - OPERAÇÕES EM AEROPORTOS. Requisito: TRA-39. Horas semanais: 0-0-2-3. Caracterização e descrição das operações em um aeroporto. Modelos de administração aeroportuária. Segurança operacional em aeroportos (safety e security). Operações em um terminal de passageiros. Análise de desempenho e de nível de serviço. Simulação de atividades aeroportuárias. Fluxos e processos no terminal de passageiros. Entorno, acesso e meio-ambiente. Planejamento e o futuro de aeroportos. Bibliografia: DE NEUFVILLE, R.; ODONI, A. Airport systems: planning, design and management. 2. ed. New York: McGraw-Hill, 2013. ASHFORD, N.; STANTON, H. P. M. Airport operations. 2. ed. New York: McGraw-Hill, 1996. GRAHAM, A. Managing airports: an international perspective. 3. ed. Burlington: Elsevier, 2008.

TRA-62 - GERENCIAMENTO DE PROJETOS E PROGRAMAS. Requisito: Não há. Horas semanais: 2-0-1-3. Gerenciamento de projetos e programas pela abordagem do PMI (Project Mangement Institute) definida no seu guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge). Gerenciamento estratégico. Processos em gerenciamento. Teoria de jogos. Gerenciamento do escopo. Gerenciamento do tempo. Gerenciamento do custo. Gerenciamento da integração. Gerenciamento das partes interessadas. Gerenciamento da qualidade. Gerenciamento de compras. Gerenciamento das comunicações. Gerenciamento de riscos. Gerenciamento de recursos humanos. Lições aprendidas em gerenciamento de projeto. Elaboração de cases de projetos utilizando os softwares WBS e MS-Project. Bibliografia: TERRIBILI FILHO, A.; GODZIKOWSKI, A. R. Lessons learned em gerenciamento de projetos: 40 lições aprendidas. São Paulo: M. Books, 2015. TERRIBILI FILHO, A. Um guia do conhecimento em gerenciamento de projetos. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

TRA-64 - TRÁFEGO AÉREO. Requisito: TRA-39. Horas semanais: 2-0-1-3. Organismos de normatização e desenvolvimento: ICAO; DECEA; ICEA. Conceitos fundamentais de tráfego aéreo: altimetria; separação vertical e horizontal. Instrumentos básicos de bordo. Auxílios Convencionais à Navegação Aérea. Serviços de Tráfego Aéreo. Sistemas de Navegação do Futuro: CNS/ATM - Communication; Navigation; Surveillance/Air Traffic Management. Radares SSR modo S. Sistemas de Navegação de Precisão. Rotas de Partida e de Aproximação: SID e STAR. Gerenciamento de Tráfego Aéreo: conceitos e funções. Custos de aquisição e de manutenção dos auxílios. Requisitos para instalação dos equipamentos. Economicidade decorrente do emprego das novas tecnologias. Sequenciamento e avaliação de atrasos. Bibliografia: COMANDO DA AERONÁUTICA. ICA 100-12 regras do ar e serviços de tráfego aéreo, 2009. REVISTA AEROESPAÇO – DECEA, n.º 34, novembro de 2008. BIANCO, L.; DELL’OLMO, P.; ODONI, A. R. New concepts and methods in air traffic management. Berlin: Springer, 2001.


Disciplinas