Divisão de Engenharia Civil Ano: 2020

(Turma 2020, TGs 2020)

Aeroportos Brasileiros Frente À Sustentabilidade do TPS (pdf 1,47 MB)

Autor: Taíse Núrian Souza dos Santos

Orientador(es): Giovanna Miceli Ronzani Borille

Relator(es): Eduardo Moraes Arraut

Ano: 2020

Resumo:

Embora o conceito de sustentabilidade seja constantemente discutido nas últimas décadas e haja bastante conhecimento relacionado a alguns dos seus aspectos, principalmente em relação a construções sustentáveis, ainda é incipiente estudos que abordam a sustentabilidade aeroportuária em uma avaliação multicritério envolvento vários aeroportos. Considerando o contexto brasileiro, no ano de 2019, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) realizou a pesquisa Aeródromos Sustentáveis na qual compara aeroportos brasileiros de acordo com o método de Análise Hierárquica de Processos (AHP). Entretanto, nem todas as dimensões (social, ambiental e econômica) do conceito de sustentabilidade aeroportuária definido pela Airport Council International (ACI) são explorados. Este trabalho de graduação re-analisa os aeroportos da pesquisa da ANAC (2019) com o método Análide de Envoltória de Dados (DEA) de acordo com as cinco dimensões definidas com base na revisão de literatura, a saber: (1) Gestão e consumo de energia; (2) Gestão Atmosférica e de Transporte de Baixa Emissão; (3) Gestão Hídrica, do Solo, de Fauna e de Flora; (4) Gestão de Resíduos e de Materiais; (5) Gestão de Comunidade e da Economia Aeroportuária. Conclui-se que os aeroportos brasileiros devem investir principalmente em medidas que melhorem a gestão atmosférica bem como existe a necessidade de maior disponibilidade de dados sustentáveis por parte dos aeroportos brasileiros para que haja estudos mais refinados no futuro.

Abstract:

Although the concept of sustainability has been constantly discussed in recent decades and there is a considerable amount of knowledge related to some of its aspects, mainly concerning sustainable buildings, studies that address airport sustainability in a multicriteria assessment involving several airports are still incipient. Considering the Brazilian context, in 2019, the National Civil Aviation Agency (ANAC) conducted the Sustainable Aerodromes survey in which it compares Brazilian airports according to the Hierarchical Process Analysis (AHP) method. However, not all dimensions (social, environmental, and economic) of the airport sustainability concept defined by the Airport Council International (ACI) are explored. This graduation work re-analyzes the airports of the ANAC research (2019) using the Data Envelopment Analysis (DEA) method according to the five dimensions defined based on the literature review, namely: (1) Management and Consumption Power; (2) Atmospheric Management and Low Emission Transport; (3) Water, Soil, Fauna and Flora Management; (4) Waste and Materials Management; (5) Community and Airport Economy Management. It is concluded that Brazilian airports should invest especially in measures that improve atmospheric management, as well as the need for greater availability of sustainable data on the part of Brazilian airports to have more refined studies in the future.