Civil
Objetivos do Curso de Engenharia Civil-Aeronáutica

O currículo, a organização acadêmica e o ambiente no qual vivem os alunos e os professores devem ser orientados pela missão de formar “engenheiros competentes e cidadãos conscientes”, segundo o fundador do ITA, o Marechal Casimiro Montenegro Filho.

A Escola pratica um modelo diferenciado de formação em que concilia a exigência de elevados patamares de desempenho acadêmico, com vistas à competência técnica, com o desenvolvimento e o cultivo de valores, na expectativa de que os egressos contribuam para o progresso do País e, como cidadãos, sejam exemplos positivos para a sociedade. Detalhes desse modelo estão disponíveis no Projeto Pedagógico dos cursos de graduação ou no Plano de Desenvolvimento Institucional.

Os cursos de graduação do ITA foram criados, e são conduzidos até hoje, em dois módulos: um Curso Fundamental, de dois anos de duração, seguido de um Curso Profissional, de três anos de duração. As características pedagógicas previstas para cada um desses cursos, como descritas a seguir, foram preservadas e são diretrizes para a organização curricular que é revista anualmente.

O Curso Fundamental visa uma sólida formação nas ciências básicas necessárias ao engenheiro, independente de sua especialidade, como matemática, física, química e computação, além de humanidades, mas tendo também como objetivo a formação complementar em:

(a) como estudar, com foco nas diferenças entre o estudo do ensino fundamental e médio e o do ensino superior, onde agora a criatividade é um importante ingrediente porque os problemas podem não ser bem definidos, envolver parâmetros com um certo grau de imprevisibilidade e ter múltiplas soluções;

(b) como arcar com um programa de estudos, em que o próprio aluno passa a ter responsabilidades em relação à sua formação e de seus colegas, deixando o papel passivo de “ser ensinado” para o ativo de “aprender a aprender”, assim como ser também corresponsável pela ambientação favorável ao aprendizado, incluindo a formação humanística, cultural e social, ainda que extracurricularmente;

(c) como usar a biblioteca, buscar e filtrar informações por meios eletrônicos ou não, ampliando a sua fonte de aprendizado para fora da sala de aulas e além do professor;

(d) como consultar e tirar proveito de um professor ou de outros profissionais, fora das salas de aulas, em consultas/contatos particulares, no desenvolvimento de projetos de iniciação científica/tecnológica, em congressos etc.;

(e) como usufruir de um ambiente escolar de perfeita honestidade e integridade, abominando e combatendo a improbidade escolar, como “cola” e outras práticas desonestas, escusas ou não éticas, vivendo em um ambiente de confiança e camaradagem com os colegas, professores e demais profissionais;

(f) como trabalhar e fazer uso dos auxílios de ensino e aprendizagem, deixando de depender exclusivamente do professor e das aulas.

O Curso Profissional de Engenharia Civil-Aeronáutica visa uma sólida formação nas ciências da engenharia civil relacionadas a edificações, estruturas, geotecnia, recursos hídricos, saneamento ambiental e transporte aéreo, voltadas para os interesses do setor aeroespacial. Enfatiza-se o ensino conjugado teoria/prática, mas tendo também como objetivo uma formação complementar:

(a) contra a idéia de que o diploma é objetivo a ser alcançado a todo custo, uma vez que o aprendizado profissional não se encerra com a obtenção do diploma, nem este é, per se, suficiente para o sucesso profissional;

(b) que conduza à percepção de como a teoria poderá ser aplicada na prática, evitando o conhecimento superficial e pedante e o conceito de que a academia e a indústria não podem interagir;

(c) que conduza à percepção de como a prática e a observação podem aperfeiçoar, desenvolver ou criar uma teoria, propiciando, inclusive, o estreitamento das relações entre o setor produtivo e o acadêmico;

(d) que evite a emulação por notas entre colegas, porém estimulando a competição saudável pela exploração de novos horizontes e natural busca pela excelência do aprendizado e do conseguinte bom desempenho acadêmico e profissional.

 

Elogios?